Dark?

Bruxa Errante, a Jornada de Elaina – Entrevista

Elaina_Av

 

O portal japonês LN-News realizou uma entrevista com Jougi Shiraishi, autor das light novels de Bruxa Errante, a Jornada de Elaina, em comemoração ao lançamento do vigésimo volume da obra. A entrevista foi realizada com objetivo de celebrar o sétimo aniversário da carreira do autor, bem como revisar todos os seus trabalhos anteriores. No entanto, seu comentário mais importante foi onde explicou quanto tempo ainda falta para o encerramento da franquia em questão.

 

Já se passou um tempo, mas poderia comentar um pouco sobre como foi sua experiência na adaptação em anime de Bruxa Errante, a Jornada de Elaina”?

Com prazer, ainda recebo muitos comentários positivos, mas o impacto do nono episódio segue estando presente. Brevemente, o episódio 9, “Uma profunda tristeza do passado”, era uma história sobre voltar no tempo para descobrir o que causou a transformação de uma amiga em psicopata. A luta acaba com a morte de uma amiga.

Mesmo que tenha escrito este episódio de forma obscura na história original, também ocultei algumas partes, mas o anime retratou a ideia original como estava planejada e, como resultado, foi um episódio impactante que recebeu muitos comentários. O que mais se passa pela minha cabeça quando olho para trás ao ver o anime, são as respostas dos leitores e espectadores que viram este nono episódio. Deixou uma forte impressão que ainda perdura.

 

Houve influências na adaptação em anime a partir da sua própria interpretação da obra?

Certamente. Quando Bruxa Errante foi adaptada para anime, houveram muitas perguntas por parte da equipe de produção, tipo: “como seria esse lugar?” ou “que tipo de imagem vem à sua cabeça quando menciona esse povo?”. Houve muitas ocasiões nas quais eu mesmo respondia: “a verdade é que não tenho nem ideia”. Mesmo sendo minha própria obra, lembro que era bem difícil descrever as ruas e cenários de fundo, porque havia aspectos da cidade que realmente não captei com total profundidade.

Minha escrita era uma “história do povo para o povo”, assim haviam muitas partes da história que apenas ignorava. Logo, tive de passar disso para uma adaptação em anime, o que me fez pensar de novo que teria de pensar bem, e comecei a pensar nos nomes dos países e personagens como dados para serem levados em conta.

Esses dados são muito uteis para minhas escritas atuais e, como é de se esperar, quando se alcançam os vinte volumes, o número de personagens é enorme. Isso poderia levar, inclusive, a repetição de nomes, sendo assim enquanto escrevo o material faço uma revisão. No entanto, acho que agora estou começando a fazer o que os outros escritores fazem por padrão.

 

Já tem o final de “Bruxa Errante” decidido?

Sim, já tenho decidido o final da história até certo ponto, mas, quanto tempo levará para chegar até ele? Acho que realmente vai levar muito tempo antes de chegar a esse ponto.

 

Entendo. Parece que a viagem de Elaina ainda tem muito pela frente.

Isso mesmo. Elaina é retratada como uma mescla do que considero elementos lindos, uma garota que considero ideal. Desde o começo, penso que ela é uma personagem muito linda, com uma língua bastante afiada e, inclusive, depois de vinte volumes minha percepção não mudou. Gostaria de continuar escrevendo histórias sobre Elaina durante muito mais tempo.

 


 

Tradução: MaluCloe

Revisão: NERO_SL

 

Recomendações

Venho por esta informar…. Wtf!!   Olá pessoal, tudo bem com vocês? Esse é o meu primeiro aviso ao estilo devaneios? ou até notícias! Esse de fato vai ter 🙂…

    Konkit… Opa intro errada, bora refazer tudo de novo  … Kontsun! Aqui vamos com mais um devaneio, a 2 ª ou 3ª ou 4ª edição da segunda temporada…

Comentários